logotipo header

Este site utiliza cookies. Continuando a navegar está automaticamente a autorizar os mesmos. Saber mais | Continuar

Presépio na Cidade

imagem redonda

“Coragem! Sou eu. Não tenhais medo!..” (Mt 14, 22-33)

Presépio na Cidade

Portugal e o mundo vivem uma circunstância a todos muito estranha é impensável. De um momento para o outro uma pandemia veio e afastou-nos até dos mais próximos. Uma situação que nem uma guerra onde o sangue é derramado jamais viveu. Queremos ajudar, abraçar, tocar, e não podemos. Uma “guerra” assética. Descobrimos que somos frágeis, que não controlamos tudo e que aquilo que nos era garantido, afinal não é possível. Mas se Deus permite esta situação, também nos chama a responder a este desafio difícil com coragem, criatividade mas sobretudo muita confiança.

A vida é um Dom e e como Dom temos que por a render, AGORA! Nós cristãos damos graças a Deus e queremos por a render todos os nossos dons.
E o que podemos fazer? Muitas coisas, mas neste projecto do Presépio na Cidade, durante 20 anos, um projecto de rua, queremos continuar a semear o Evangelho, a mensagem de Jesus Cristo, o Salvador do mundo. Eis algumas ideias:

  1. tema: “Coragem! Sou eu. Não tenhais medo!..” (Mt 14, 22-33)- procura na Bíblia, várias passagens com esta frase de partilhá-la com os amigos e familiares.

  2. escrever um postal ou uma carta de Natal, a alguém que não conhece (como um amigo invisível), com palavras de esperança, assinando o seu nome de nascimento, mas sem dar mais informação. Pode ser para uma pessoa presa (procurar a morada dum estabelecimento prisional, um doente (escolher um hospital da sua zona ou fora), alguém da lista de telefones, ou alguém que esteja só ( perguntar no seu município, ou junta de freguesia, paróquia, lares, etc.. Mas que o conteúdo seja sério, simples e verdadeiro. Não dar informações pessoais, mas deixando a pessoa feliz porque alguém se lembrou dela.

  3. rezar diariamente a oração proposta pelo presépio e depois o terço do dia.